Regras da Classe V4- Revogadas pela versão 5 em janeiro 2011

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Regras da Classe V4- Revogadas pela versão 5 em janeiro 2011

Mensagem por Admin em Qua Out 20 2010, 22:54

Eis as regras internacionais da Classe (Clicar aqui)

E aqui a versão Portuguesa (Clicar aqui)

É aconselhavel ver a versão completa em pdf, no link acima. Podem no entanto ver abaixo o corpo das regras.
,


MICROMAGIC PT
http://www.micromagic.pt

Versão 4 – 1 de Janeiro 2009

Geral:
Estas regras foram criadas para assegurar que todos os países podem competir num ambiente igual e justo.
Estas regras são baseadas nos princípios de “monotipia” mas com alguma liberdade na construção e configuração.
Tentaremos manter as regras o mais simples possíveis procurando assegurar, no entanto, que o custo para manter um barco competitivo é fortemente controlado.
Com isto em mente pedimos aos velejadores para aderir ao espírito das regras e não procurar ganhar nenhuma vantagem através da manipulação das palavras, através da tradução ou outros meios.
Estas regras foram criadas primariamente para a competição internacional. No entanto qualquer nação é bem vinda a adoptar estas regras para as suas competições internas.
Estas regras usam como linha de referência base um MicroMagic construído de acordo com as instruções standard fornecidas pela Graupner. Ver definições no apêndice 1.

Regras:

1 - Casco e convés (Hull & Deck)
1.1 O casco, convés, caixa da patilhão e tampa (canopy), têm de ser os fornecidos pela Graupner em ABS, ref. 2114,1 ou 2014,1. Estes componentes não podem ser alterados de alguma forma excepto:
i. Pode ser aplicada uma pintura ou qualquer outro acabamento decorativo
ii. Um máximo de 6 buracos adicionais, de tamanho não superior a 20mm, podem ser feitos no convés e/ou tampa.
iii. Podem ser adicionados outros materiais às superfícies da caixa da patilhão para ajudar a construção e para reduzir o desgaste provocado pelo mastro.
iv. O suporte de servo em ABS na caixa da patilhão do modelo 2114 pode ser removido


1.2 O layout e construção dos componentes internos é livre
1.3 Por regata, só é permitido o uso de um casco (Excepções são permitidas em caso de dano demonstrável)
1.4 A tampa do MK1 ou MK2 tem de estar montada ao navegar.
1.5 O comprimento do casco não pode ser alterado para além da adição da cabeça de um parafuso ou olhal para o backestai e do vedante de um sistema de drenagem.


2 - Peso do barco pronto
2.1 O peso mínimo de um barco pronto a navegar é de 860 gramas.

3 - Patilhão e Leme
3.1 Pode ser usada o patilhão da Graupner, parte 2114,2 ou 2014,2.
3.2 Pode ser usado o bolbo (chumbo) da Graupner, parte 2114,4 ou 2014,4.
3.3 Pode ser usado o leme da Graupner, parte 2114,3 ou 2014,3.
3.4 A localização do patilhão e do leme é restrito à norma Graupner, conforme identificado no plano de montagem do barco
3.5 Não há restrição a que combinação de leme, patilhão e bolbo são usados.
3.6 O patilhão, incluindo o bolbo, não pode estar mais de 135mm afastado do casco.
3.7 A patilhão tem de ser removível.
3.8 O enchimento e pintura do patilhão, bolbo e leme são permitidos.
3.9 O bolbo tem de se manter uma secção circular ao longo de todo o seu comprimento.
3.10 O peso do patilhão (ver anexo 1) não pode ser inferior a 380 gramas e superior a 420 gramas.
3.11 Asas e outras extensões ao patilhão, leme e bolbo não são permitidos.
3.12 O bolbo tem de caber dentro das capas em ABS fornecidas para a Graupner para o mesmo. O uso permanente das capas em ABS é facultativo.
3.13 A distancia mínima entre a parte dianteira do patilhão e a ponta frontal do bolbo é de 15mm para o MK1 – part 2114.4 e 25mm para o MKII – part 2014.4 (ver figura 3)

4 - Mastro e Retrancas
4.1 O diâmetro máximo do mastro e retrancas é de 7 milímetros.
4.2 O diâmetro mínimo do mastro é de 5 milímetros
4.3 O diâmetro mínimo das retrancas é de 4 milímetros
4.4 O perfil do mastro e retrancas tem de ser circular ao longo de todo o seu comprimento.
4.5 Não são permitidos mastros que “estreitam” continuamente.. (Cónicos)
4.6 Mastros giratórios não são permitidos.
4.7 O mastro será colocado na posição normal, tal como identificado no desenho da Graupner.
4.8 A distância máxima do convés ao topo do mastro é de 780 milímetros.
4.9 A retranca do estai não pode ter uma ligação fixa quer com o mastro quer com a retranca da vela grande.
4.10 A retranca do estai deve ser ligada ao convés com a utilização de um conector flexível na posição normal, conforme indicado no desenho Graupner.
4.11 Não existem restrições aos materiais do mastro e retrancas.
4.12 Não existem mais restrições ao aparelho a uso ou aos aparelhos de reserva.

5 - Velas
5.1 As velas terão que ter as medidas (conforme anexo 1), com uma tolerância máxima de 2 milímetros.
5.2 As velas mais pequenas são permitidas, desde que eles permaneçam dentro dos limites máximos como mostrado no anexo 1.
5.3 As velas terão de ser feitas a partir de materiais flexíveis e têm de poder ser enroladas num diâmetro máximo de 50 milímetros.
5.4 Na vela grande tem de constar o número de vela atribuído e a designação do país.
5.5 A altura mínima das letras e números de vela é de 40 mm. A espessura mínima das letras e números de vela é de 6mm. Os algarismos devem ser de cor contrastante com as velas e devem ter o interior cheio. A posição correcta dos algarismo consta na figura 2.

NOTA: para 2011 já foi aprovada a alteração do ponto 5.5 para algo como: 5.5 A altura mínima das letras de vela é de 40mm e dos números de vela 60mm. A espessura mínima das letras de vela é de 6mm e dos números de vela 8mm. Os algarismos devem ser de cor contrastante com as velas e devem ter o interior cheio. A posição correcta dos algarismo consta na figura 2.



6 - Electrónica
6.1 Apenas dois servos são permitidas.
6.2 Um servo deve controlar o leme e o outro servo deve ser utilizado para controlar as velas. Os servos não devem ser utilizados para qualquer outra finalidade.



Apêndice 1

Definições
Nome Parte Descrição
Micro Magic 2114 Original ou MK1
Casco, Convés e tampa 2114.1 Casco, Convés, Caixa da patilhão e tampa em ABS do MK1
Casco, Convés e tampa transparente 2114.1 Produto n 900777
Patilhão 2114.2 Patilhão do MK1
Leme 2114.3 Leme do Mk1
Bolbo 2114.4 Bolbo do Mk1
Micro Magic RTS 2114.200 MK1 construído de fábrica pronto a navegar RTS (Ready To Sail)
Micro Magic RMM 2014 MK2 versão Tuning/Racing
Casco, Convés e tampa 2014.1 Casco, Convés, Caixa da patilhão e tampa em ABS do MK2
Casco, Convés e tampa Carbon Look 2014.1 Produto nº 900804
Patilhão 2014.2 Patilhão do MK2
Leme 2014.3 Leme do Mk2
Bolbo 2014.4 Bolbo do Mk2
Patilhão montada Compreende a patilhão e Bolbo. No caso do MK2 o conceito de Patilhão inclui também as calhas necessárias para a posição central



Figura 1 – Dimensão das Velas




Figura 2




Fig 3







_________________ MicroMagic PT
De MicromagicPT

Admin
Admin

Mensagens : 71
Data de inscrição : 19/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.micromagic.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum